5 modelos de portfólio de design de interiores

Confira nossa seleção com diferentes modelos de portfolio de designers de interiores (e até mesmo arquitetura) e inspire-se!

portfolio - Carol Dias

O profissional que trabalha com design de interiores precisa ter um portfólio adequado para conseguir atrair os clientes. Mas claro, nem sempre é fácil escolher um modelo diante da variedade que existe, principalmente para quem está iniciando a carreira agora.

Por essa razão, separamos 5 exemplos de portfólios que já existem e podem ser facilmente encontrados na internet. O leque de modelos apresentados aqui abrange profissionais do Brasil, Portugal e até mesmo dos Estados Unidos.

Assim, você aprende como os concorrentes expõem os seus respectivos trabalhos online e sabe onde e como acertar. Além disso, aproveita para saber como fazer um portfólio para essa área de trabalho.

Exemplos de modelos de portfólio para designers de interiores

1. Elaine Griffin

“A casa de uma pessoa – o que parece, onde está, como é vivida – revela mais sobre ela do que qualquer outra coisa no mundo”. Essa é a frase inicial do site da designer de interiores de Nova Iorque e especialista em estilo de vida, Elaine Griffin.

Nesse mesmo site encontramos o portfólio da profissional. São mais de 50 pequenas imagens dispostas em uma só página, mas que aumentam de tamanho quando são selecionadas. Assim, o cliente pode conhecer o trabalho de Elaine visualmente. No entanto, nessa área não há informações descritivas dos projetos apresentados.

2. Carol Dias

Já a carioca Carol Dias apostou em um portfólio interativo, colorido e visualmente atrativo. O site de uma única página leva o leitor diretamente para a área de projetos em apenas um clique, sem precisar rolar o mouse.

O portfólio em si também não conta com informações sobre os projetos desenvolvidos. As imagens estão dispostas em hexágonos pequenos, mas quando são selecionadas adotam um tamanho maior e trazem uma galeria com mais fotos do mesmo projeto.

Para falar de como ocorreu todo o processo de construção de um espaço, Carol adota o estilo de escrever no blog. Nessa área do site, a designer explica tudo sobre cada projeto, desde o contato com o cliente até a finalização.

3. Danyela Corrêa

Apesar de arquiteta e urbanista, Danyela Corrêa também trabalha com interiores. No site da profissional, a área de portfólio está dividida entre os projetos de arquitetura e os de interiores.

Assim como Elaine e Carol, a paulistana Danyela não traz informações sobre seus projetos na área de portfólio. No entanto, escreve sobre seus trabalhos na página do blog também dentro do site.

4. Teresa Porém

O site português da designer Teresa Porém conta com um espaço para portfólio. Nessa área, a profissional expõe os trabalhos desenvolvidos, sem citar o processo de decoração ou remodelação dos espaços.

Além disso, algumas das fotos apresentadas não possuem uma boa qualidade. Um ponto positivo é com relação a organização do portfólio que é dividido em casas, apartamento, remodelações etc.

5. Jaqueline Ribeiro

Com um template simples, a designer brasileira Jaqueline Ribeiro apresenta todos os projetos já elaborados por ela. Na área de portfólio, o cliente ou visitante vai poder selecionar que tipo de ambiente deseja ver, como cozinha, escritório, espaço gourmet etc.

Ao contrário das demais mencionadas anteriormente, a curitibana Jaqueline traz em todos os projetos uma descrição do trabalho realizado. Além das imagens de um mesmo plano passando em carrossel, a profissional também tem o cuidado de explicar as características do projeto, qual era a necessidade do cliente e qual a solução ela encontrou para projetar.

Como fazer um portfólio de design de interiores?

  • Escolha o template: O primeiro passo, sem dúvidas, é buscar por um template apropriado para a área de design. Nesse caso, procure por um que favoreça as imagens. Para lhe auxiliar nessa escolha, confira nossas dicas de templates;
  • Aposte em fotografias: Com o portfólio online pronto, invista em fotos de boa qualidade. Isso porque, são elas que vão ajudar a atrair novos clientes. Geralmente, os cursos de design oferecem cadeiras de fotografia aos estudantes;
  • Comente os projetos: Sempre que postar um novo projeto não esqueça de comentá-lo. É importante para o cliente saber o que foi feito em determinado trabalho que despertou o seu interesse. Além de que, textos acompanhando fotos deixam o portfólio ainda mais completo;
  • Nunca copie: Ser autêntico é uma das características mais importantes em um profissional. Por isso, busque inspirações, mas não caia no erro de copiar os trabalhos alheios;
  • Atualize o portfólio: Essa última dica é valiosa! Não deixe que o portfólio fique sem novos projetos. Esteja sempre atualizando esse espaço, mesmo que seja só com trabalhos pessoais.

Com todas essas dicas você consegue montar um portfólio online dos seus projetos. Então, agora que você já viu modelos de portfólio de design de interiores e também já sabe como fazer um desse, que tal começar a trabalhar no seu próprio projeto?

Assim, você mostra todo seu conhecimento, trabalha com o que gosta e ainda tem a chance de conquistar novos clientes.

Galeria de imagens de modelos citados:

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário