Checklist: crie um portfólio completo!

Quer criar um portfolio completo? Elaboramos uma lista para você não deixar passar nada e criar um portfolio profissional!

caderno em branco para ser preenchido

Antes de criar o próprio portfólio é preciso levar em consideração alguns questionamentos. Por isso, trouxemos três perguntas que devem ser feitas antes de iniciar um checklist para o portfólio, são elas: O que eu quero fazer? O que eu posso fazer? Como eu penso?

O primeiro questionamento deve vir acompanhando de outras indagações. Por exemplo, qual é o real objetivo em criar um portfólio? Essa ferramenta vai ser para um trabalho da faculdade, empresarial, escolar ou profissional?

Em seguida, passe para a próxima questão respondendo para si mesmo quais são as habilidades que você possui. Para isso, avalie todos os trabalhos que fez, veja e trace o potencial que tem para desenvolver novos projetos.

Por fim, nessa primeira etapa, você deve pensar ainda mais a fundo no seu trabalho. O que você planeja para o futuro profissional? Quais cursos podem servir para melhorar o seu desempenho?

Depois de pré-definir essas informações está na hora de colocar em prática a construção do seu próprio portfólio. A seguir você confere um checklist completo para auxiliar na idealização desse projeto pessoal ou profissional. Leia atentamente cada tópico e a medida que for finalizando eles, marque-os para ajudar na organização.

capa de portfolio
Vamos começar a criar seu portfolio?

Como fazer um portfólio: passo a passo

Esse Checklist é inspirado no material disponibilizado pela Faculdade de Design Ambiental (CED, sigla em inglês). Acompanhe-o e preencha-o de acordo com as etapas que você for concluindo e levando em consideração o tipo de portfólio que você esteja elaborando.

Favorite esta página em seu navegador! Você poderá voltar aqui sempre que quiser para checar o que falta em seu portfolio, já que os itens continuarão marcados (a não ser que você limpe o cache do seu navegador).

Confira:

1. Organização

  • Fazer cópias do trabalho, salvando no computador, em HD ou até mesmo em nuvens online
  • Organizar tudo o que você possui e acompanhar os trabalhos que servem de referência para você

2. Defina o público-alvo

  • O portfólio tem como finalidade profissional, empresarial, educacional ou universitário?
  • Quem é o público-alvo do portfólio?
  • Quais são as expectativas dessas pessoas? O que elas desejam ver?
  • Quais impressões você gostaria que o público tivesse do seu trabalho?

3. Separe os melhores trabalhos e descreva suas habilidades

  • Selecionar os seus melhores projetos para compor o portfólio
  • Caso você tenha experiência profissional, verifique quais trabalhos podem ser postados de acordo com a permissão concedida do empregador ou clientes. Mas caso não tenha esse tipo de vivência, pode escolher os seus melhores trabalhos de estágio ou educacionais
  • Apontar o seu currículo abordando as habilidades que possui e o que você é capaz de fazer com determinadas ferramentas
  • Produzir introduções para cada trabalho apresentado, lembrando de ser o mais claro possível
  • Fazer uma descrição dos projetos expostos. Nessa etapa é preciso explicar como o trabalho foi pensando e idealizado, quais programas ou plataformas foram utilizadas para produzir a peça em questão. Além disso, esse também é o espaço para citar, se houver, os profissionais que ajudaram na concepção do trabalho
  • Já se o portfólio é escolar ou para a faculdade, lembrar de colocar o nome do orientador do trabalho, o nome do curso, o tipo de projeto escolhido e fazer um breve contexto
  • Planejar os seus dados pessoais assim como as informações de contatos, por exemplo: número de telefone, e-mail e redes sociais

4. Construa o portfólio

  • Projetar o layout do portfólio e o índice
  • Elaborar a página para as seções, os trabalhos e os textos descritivos
  • Se for um portfólio impresso ou em PDF, levar em consideração que ele pode variar de duas até 30 páginas. Por isso, é importante levar em consideração quais trabalhos vão compor esse material, evitando que ele fique longo e cansativo. Uma boa dica é optar por um intermediário, entre 10 e 15 páginas
  • Pensar na estética é muito importante, pois ela vai ser responsável por chamar a atenção do leitor. Sendo assim, o portfólio online ou não precisa ter um design gráfico atrativo. Para isso, contrate um profissional dessa área

5. Revise a ferramenta e publique-a

  • As vezes alguns erros podem passar despercebidos ao seu olhar. Por essa razão, é ideal pedir ajuda ao professor, amigos ou sócios para que eles revisem o portfólio
  • Dar preferência para a organização dos comentários de feedback, pois eles são o termômetro que alerta se o seu trabalho está agradando ou não. Aceitar críticas construtivas é um passo importante
  • Revisar layout e ver se ele está de acordo com o planejado
  • Criar a versão final do portfólio, seja online, impresso ou em PDF
  • Preparar cópias desse material impresso e distribuí-la. Caso seja PDF, envie para e-mails de empresas que estão precisando de profissionais como você. Já se for online, publique a ferramenta
    Investir em sua própria propaganda online, divulgando seu trabalho de forma mais ampla

6. Estude sua própria área

  • É importante conhecer a sua área de atuação e estar sempre atualizado com relação à ela
  • Praticar o seu poder de convencimento através de textos explicativos e descritivos do seu trabalho. Aqui você deve convencer o público-alvo de que seu trabalho e necessário na vida dele
  • É preciso entender que o portfólio é uma maneira de estar mais próximo do cliente ou do empregador. Por essa razão, certifique-se que está cumprindo com todos os requisitos, como falar bem, trabalhar com excelência e estar sempre conectado

7. Esteja preparado para qualquer situação

  • Um bom profissional vai ter em mãos o portfólio em diferentes versões. Por exemplo: impresso, para entregar em mãos; PDF, para fazer uma apresentação ou enviar por e-mail; Online, para ser visto por qualquer pessoa em apenas um clique
  • Também é importante ter um currículo atualizado e compatível com o portfólio. Ambos são necessários para causar uma boa impressão no cliente ou no empregador
letreiro com o texto "portfolio"
Marcou tudo? Ótimo! Seu portfolio está completo.

Portfólio pronto

Como você pode ver, é preciso responder três perguntas iniciais: O que eu quero fazer? O que eu posso fazer? Como eu penso? Em seguida, é necessário preencher um checklist para criar um portfólio completo e com a sua cara.

No entanto, isso não é o bastante para ter sucesso na própria carreira. Por isso, mantenha-se sempre atualizado com as novidades da sua área e invista em seu trabalho tempo e dinheiro. Assim você terá como aproveitar os frutos do seu esforço com novas oportunidades.

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário