Como criar um portfólio?

Não sabe por onde começar? Confira nossas dicas e saiba como montar um portfolio profissional e completo.

portfolio online (site) aberto em um computador

Frequentemente, profissionais iniciantes se deparam com uma questão: “Como criar um portfólio?”. Isso ocorre devido à alta concorrência que existe em todas as áreas de trabalho. E quanto mais você se destaca, mais sucesso terá.

Seja para uma empresa ou para você mesmo, o portfólio precisa de uma atenção especial. Independentemente da área, se é de arquitetura, fotográfico ou até mesmo acadêmico.

E foi pensando nas possíveis dúvidas que podem surgir durante o percurso de criação de um portfólio que produzimos esse artigo. Aqui você pode encontrar dicas para facilitar esse processo e ajudar na manutenção desse importante veículo profissional.

Dicas de como criar portfólio

Quer mostrar seus projetos para as pessoas de uma maneira fácil e abrangente? Então você precisa de um portfólio. Mas para montar o seu próprio conjunto de trabalhos é preciso levar em consideração alguns tópicos.

O primeiro deles é a questão da organização. É preciso estabelecer para si mesmo metas, horários e prazos. Isso tudo vai lhe poupar possíveis dores de cabeça no futuro com relação às entregas de trabalhos e à manutenção do portfólio. A seguir você confere outras dicas.

ilustração de currículos
O que é mais importante: portfolio ou currículo?

Onde fazer um portfólio?

Esse deve ser um dos primeiros pensamentos de qualquer profissional que deseja ter um portfólio. Isso porque existem diferentes formas de expor os trabalhos e cada uma delas tem um objetivo principal.

Por exemplo, fazer um portfólio online facilita a comunicação entre possíveis clientes e abrange o seu público ao máximo. Na internet, o cliente está a um clique de fechar o negócio. Tudo é mais prático e rápido.

Já um portfólio em PDF pode servir para ser enviado à pessoas específicas ou empresas. É uma opção muito comum para quem está concorrendo à uma vaga de emprego.

Além dessas duas opções, há também a versão impressa de um portfólio. Nesse caso, é ainda mais restrito o público que vai receber esse documento. Sem contar que há um custo para cada impressão feita.

Escolha do tipo de portfólio

Da mesma maneira que existem diferentes formas de expor os trabalhos, há também diversos tipos de portfólio. Esse quesito também deve ser definido com antecedência, pois ele vai indicar qual caminho de produção seguir.

Os tipos mais básicos são o escolar e acadêmico. Aqui os trabalhos são produzidos por alunos ou universitários e o erro pode acontecer com normalidade. É compreensível o período de aprendizado dos produtores.

Também existem os portfólios empresarial e profissional. Nessas situações, exige-se ainda mais responsabilidade e comprometimento dos envolvidos. Isso tudo pois são avaliados por potenciais clientes.

Procurar um desenvolvedor web

Escolhido o tipo de portfólio e onde ele vai ser exposto, chega a hora de escolher um profissional de web design para colocar tudo isso em prática. Mas claro, esse tópico só será realidade na sua vida se você optar por um portfólio online.

Um desenvolvedor web deve criar um portfólio levando em consideração as necessidades do serviço. Além disso, é comum atender aos desejos do cliente com relação a cores, layout e padronização.

É importante que o site seja responsivo, adaptando-se as diferentes telas dos usuários, como computadores, tablets e celulares. Também é necessário dar a devida importância à facilidade de navegação.

Portfólio criativo

Com todos os pontos anteriores definidos, você deve se preocupar agora em fazer um portfólio criativo. Para isso não existem mistérios, mas sim muito trabalho, comprometimento, organização e investimentos.

Por exemplo, se você trabalha com arquitetura ou engenharia, você deve levar em consideração a qualidade das imagens apresentadas. O Portfólio também deve ser bem diversificado, para não se tornar monótono.

Por isso, explore suas habilidades. Mostre para o público tudo o que você é capaz de fazer com suas experiências. Divulgue trabalhos feitos em conjunto, projetos colaborativos são interessantes e geralmente apresentam bons resultados.

Mantê-lo atualizado

Por fim, mais uma dica preciosa de como criar um portfólio: mantenha-o atualizado. Não adianta gastar tempo e dinheiro na produção de um expositor online e no fim não alimentá-lo com novos projetos.

Mesmo que você não tenha atividades recentes, dê um jeito de postar informações novas. Existem até algumas dicas de como manter um portfólio atualizado sem novos trabalhos.

Busque também falar um pouco sobre você, sua história e suas experiências. Os clientes também querem saber sobre quem está por trás de todo aquele conteúdo. Outra maneira de interagir com o público é comentando sobre os trabalhos desenvolvidos, deixando o leitor por dentro do que foi feito e do porquê foi feito.

caderno em branco para ser preenchido
Tome nota: confira nossa checklist para você criar um portfolio completo

Outras dicas para criar um portfólio

  • Entenda sobre o funcionamento desse mecanismo: Saber o que é um portfólio, para que ele serve e estudar um pouco sobre essa ferramenta podem lhe ajudar a trabalhar com mais fluidez;
  • Crie uma identidade: Mesmo trazendo para o público diferentes projetos, busque por sua própria identidade. Isso faz com que você seja reconhecido nos detalhes dos seus trabalhos;
  • Credencie: Sempre que for preciso, credencie o profissional que lhe ajudou com determinado projeto. Essa atitude demonstra ética e é um ponto positivo.

Pronto, você agora já sabe como criar um portfólio. Agora é só colocar a mão na massa para trabalhar na exposição dos seus trabalhos e conseguir novos clientes.

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário