O que faz um marceneiro ou carpinteiro?

Acha que marceneiro e carpinteiro são o mesmo profissional? Pois saiba que a marcenaria e carpintaria têm diferenças nos trabalhos, ferramentas e salário.

Seja na construção civil, no ambiente industrial ou na elaboração de móveis, o marceneiro e carpinteiro são profissionais requisitados. E apesar das similaridades, a marcenaria e a carpintaria são duas áreas distintas.

Mas, você pode estar se perguntando: afinal, o que um marceneiro e carpinteiro fazem? Ambos trabalham com a transformação da madeira, no entanto possuem finalidades diferentes.

A seguir você vai conhecer um pouco mais sobre o trabalho desses profissionais, como eles podem dar início aos seus negócios, quais ferramentas são indispensáveis e o quanto ganham pela função que desempenham.

Além dessas informações, você também vai poder entender as diferenças entre o marceneiro e carpinteiro. Acompanhe!

homem serrando uma madeira

Qual a função de um marceneiro?

O marceneiro é um profissional capaz de fabricar móveis e artefatos através da madeira. Essas produções podem ser elaboradas a partir de um desenho ou até mesmo de uma ideia. Com o conhecimento e as ferramentas apropriadas, ele consegue fazer, montar e até reparar móveis

De acordo com o Manual Prático de Marcenaria, esse tipo de trabalho é a arte da mobiliária. Por isso, é possível fazer utensílios para quarto, sala de jantar, escritório, cozinha etc.

Mas, é importante destacar que ela também possui artes que contribuem com o seu desenvolvimento. Como exemplos podemos citar a tornearia, estofaria e lustração. Assim como também é comum o uso de vidros, espelhos e puxadores como materiais de acabamento.

Ainda segundo o Manual, cabe ao marceneiro conhecer todos os processos de produção; saber como manipular as máquinas, instrumentos e ferramentas úteis para seu trabalho; e dominar técnicas para montagem, acabamento e afiação.

Curso de marcenaria

Na internet você encontra diversos cursos para se tornar um marceneiro, um deles é o do Senai. Os únicos pré-requisitos são: idade mínima de 16 anos e ter o Ensino Fundamental completo.

Ao todo são 300 horas de conteúdo programático, com assuntos que envolvem temas como:

  • Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde
  • Acabamento e Envernizamento de Móveis
  • Básico da Marcenaria
  • Montagem de Móveis Convencionais
  • Noções de Leitura e Interpretação de Desenho de Móveis e Esquadrias
  • Operação de Máquinas para Madeira
  • Confecção de Móveis.

Ferramentas

Segundo publicação do marceneiro profissional Leandro Mendes, as ferramentas para se começar a trabalhar nessa área são: furadeira, serra tico tico, parafusadeira, trena, martelo, marreta de borracha, nível, serrote pequeno, alicate, chaves de fenda e de philips, brocas, estiletes e serra circular manual. 

Quanto ganha em média?

O salário de um profissional da marcenaria vai depender de como ele se comporta no mercado. Por exemplo, ele pode ser um funcionário iniciante na carreira e ganhar em torno de R$ 1.500 por mês ou mais experiente e receber o equivalente a R$ 2.900.

Já se ele quiser abrir o próprio negócio, sua remuneração vai ser de acordo com os trabalhos e projetos que ele conseguir pegar no mês. Nesse caso, pode tirar até mais de R$ 3 mil por mês, dependendo do fluxo de clientes.

homem lixando uma porta

Descrição da função do carpinteiro

A carpintaria é uma profissão muito antiga, que existe antes mesmo de Cristo. Por isso, quando se precisava de um profissional para fazer algum trabalho envolvendo madeira, o carpinteiro era solicitado.

De uma maneira breve, a investigadora portuguesa Maria Antónia Almeida, explica que o carpinteiro, por definição, realiza a obra grossa, como portas e janelas. Ao contrário do que faz um marceneiro, que trabalha com a produção de itens finos, como móveis.

Curso de carpintaria

Também é fácil encontrar curso profissionalizante para quem deseja entrar no ramo da carpintaria. No entanto, a demanda costuma ser menor que a marcenaria, e algumas instituições acabam unindo as duas áreas em um só curso.

Quais são as ferramentas?

As ferramentas manuais de um carpinteiro são: serrote, marreta, talhadeira, ponteiro, martelo, linha de pedreiro, giz, arco de serra, chaves de fenda e chave Philips, esquadros de diferentes tamanhos, instrumentos de medição, torquês e alicate, chaves diversas, grampos, lima, pé de cabra, nível de mão e de borracha etc. 

Quanto é o salário?

O salário de um carpinteiro costuma ser menor que de um marceneiro. O salário de um profissional da carpintaria fica entre R$ 1.200 a R$ 1.900.

Qual a diferença entre marceneiro e um carpinteiro?

Como vimos, um carpinteiro é o profissional que desenvolve peças maiores. Enquanto que um marceneiro tem seu trabalho voltado para elaborar objetos úteis e decorativos. 

Segundo uma cartilha do Sebrae, muitas pessoas costumam confundir esses trabalhadores, mas eles possuem muitas diferenças entre si. A começar pela origem, pois ainda de acordo com o órgão, o marceneiro é uma figura que evoluiu da carpintaria.

A marcenaria se distingue da carpintaria por ser um trabalho mais artístico do que industrial, ou seja, o marceneiro constrói móveis, objetos decorativos, utilitários ou outras peças de madeira, enquanto o carpinteiro, é um profissional indispensável na construção civil e na produção de peças mais pesadas.

Sebrae

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário