Como criar um currículo?

Confira nossas dicas sobre criação de curriculum. Online ou impresso, saiba como deixá-lo perfeito!

currículo em branco

É comum ouvir perguntas a respeito de como criar um currículo, tendo em vista o número de desempregados que existe no Brasil. Mas essas dúvidas também podem surgir de um jovem aprendiz, de um profissional que está entrando no mercado de trabalho pela primeira vez ou, naturalmente, de um trabalhador que deseja atualizar esse documento.

A famosa CV é uma sigla para a palavra em latim “curriculum vitae”, que significa trajetória de vida. Portanto, trata-se de um documento para que o profissional possa mostrar quem ele é, as experiências que possui e o que busca dentro do mercado de trabalho.

Portanto, é geralmente feito por quem está procurando por um emprego. Mas, você sabe como elaborar um currículo? Sabe qual é a melhor opção para cria-lo: se online ou impresso?

Essas e outras dúvidas você pode tirar nesse artigo. Além de explicar como criar um currículo nas diferentes plataformas, também vamos indicar o que deve conter nesse documento e o que não deve ser colocado. E então, vamos lá?

Como criar um currículo online

O currículo não precisa ter necessariamente o formato tão conhecido por todo mundo, isto é, o impresso. Dependendo do seu objetivo como profissional, você pode optar por um currículo online, por exemplo.

Isso porque, na internet é possível alcançar um público maior de clientes ou empresas. Portanto, as chances de fechar um negócio podem aumentar, seja de um emprego fixo ou de freelas.

Um bom exemplo de currículo online é o LinkedIn. Segundo a descrição dessa plataforma, o site é “a maior rede profissional do mundo, com mais de 562 milhões de usuários em 200 países e territórios.”

Para criar um perfil nessa rede é simples, basta entrar no site e preencher os campos com suas informações básicas. A princípio são pedidos os seguintes dados: nome, sobrenome, e-mail ou número de telefone, e a criação de uma senha com seis ou mais caracteres.

Em seguida, você deve confirmar o endereço de e-mail ou de telefone e seguir com o preenchimento das demais informações. Nesses campos é possível escrever sobre formação acadêmica, experiência profissional e outros dados a respeito do conhecimento do profissional, como idiomas e outras competências.

Uma informação importante que pode ser acrescentada no perfil é sobre os interesses de carreira. Nesse espaço você pode colocar se está aberto a novas ofertas, se está candidatando-se à propostas de trabalho, se não está interessado em novos contratos etc.

Como elaborar um currículo no Word

Mas claro, se você deseja ter um currículo impresso, é preciso elaborar esse documento em alguns programas que podem ser instalados no computador ou até mesmo celular.

O Word é um exemplo desses programas e ele faz parte do pacote da Microsoft. Além disso, a plataforma consegue auxiliar na formatação ideal para um currículo, basta escrever o nome do documento na caixa de pesquisa.

Depois disso, vão surgir diversos modelos de currículo que já vem com os espaços para você adicionar informações pessoas, acadêmicas e profissionais.

Após preencher devidamente o documento, é necessário salvá-lo, de preferência em PDF. Assim você consegue manter a formatação do currículo e imprimi-lo em qualquer lugar.

“Como fazer um currículo de sucesso”: confira essas dicas!

Como fazer um currículo simples

De acordo com a especialista em currículo e fundadora da Right Resumes, Jane Heifetz, em artigo publicado na Harvard Business Review, não é rápido e nem fácil fazer um currículo.

É preciso pensar cuidadosamente sobre o que dizer e como dizê-lo, para que o gerente de contratação pense: ‘Essa pessoa pode fazer o que eu preciso fazer’.

Jane Heifetz

Por essa razão, mesmo fazendo um currículo simples, você precisa de tempo para elaborar esse documento. Depois de preencher seus dados pessoais, comece o currículo de forma forte e impactante. Contudo, isso não significa dizer que precisa ser clichê ou usar frases prontas.

Por exemplo, inicie falando sobre a vasta experiência que possui e como isso contribuiu para alcançar determinados objetivos. Caso seja um iniciante, pode descrever suas realizações ao longo da vida acadêmica ou dos seus objetivos no campo de trabalho.

Em seguida, conte um pouco sobre as experiências profissionais que teve. Se você está em uma mesma empresa há muitos anos, comente sobre o que aprende na função que exerceu. Mas caso tenha muitos ex-empregos, seja seletivo, dê preferência aos mais recentes.

No próximo tópico, indique a formação acadêmica, mostrando o ano que concluiu e a instituição de ensino. Também informe sobre possíveis especializações, como outros idiomas, intercâmbios, domínio em programas etc.

Finalize o currículo simples com as referências. Nessa parte você deve colocar nome, profissão e os contatos de pessoas que podem ser uma referência sobre o profissional que você é.

O que não colocar no currículo?

Diante da necessidade de ter um currículo e, as vezes, conseguir o emprego dos sonhos, as pessoas podem cometer alguns erros. Por isso, saiba o que você deve evitar na criação desse documento:

  • Colocar fotos;
  • Usar frases clichês;
  • Usar fontes muito pequenas, isso pode tornar o currículo inelegível;
  • Recortar e colar as informações do currículo de sites;
  • Mentir sobre as habilidades que possui, se você não fala inglês, não coloque que tem domínio desse idioma.

Agora que você já sabe como criar um currículo, que tal colocar todo o conhecimento em pratica? Seja online ou impresso, esse instrumento é capaz de abrir portas no mercado de trabalho, por isso aproveite-o com sabedoria!

Receba posts por e-mail!

Digite seu endereço de e-mail para receber notificações de novas publicações por e-mail.

Deixe seu comentário